A Nau de Quixibá #2020

A Nau de Quixibá Alexandre Pinheiro Torres A Nau de Quixib Naufr gios naufr gios e mais naufr gios dir se ia E nessa paragem das rotas do Passado que o Filho tem a revela o duma p tria mentida Pertence a uma juventude tatuada com o S de Salazar em ferro hit

  • Title: A Nau de Quixibá
  • Author: Alexandre Pinheiro Torres
  • ISBN: 9789722104067
  • Page: 108
  • Format: Paperback
  • A Nau de Quixibá Alexandre Pinheiro Torres Naufr gios, naufr gios e mais naufr gios, dir se ia E nessa paragem das rotas do Passado que o Filho tem a revela o duma p tria mentida Pertence a uma juventude tatuada com o S de Salazar em ferro hitleriano, traz dentro dele sebastianismos, fl mulas pios da Hist ria, porcarias Contudo, sobre o padr o e as ru nas que a sua crise de identidade se declara ali, on Naufr gios, naufr gios e mais naufr gios, dir se ia E nessa paragem das rotas do Passado que o Filho tem a revela o duma p tria mentida Pertence a uma juventude tatuada com o S de Salazar em ferro hitleriano, traz dentro dele sebastianismos, fl mulas pios da Hist ria, porcarias Contudo, sobre o padr o e as ru nas que a sua crise de identidade se declara ali, onde o esperavam a paternidade e o amor J sei penso nau de Quixib Jos Cardoso Pires
    A Nau de Quixibá Alexandre Pinheiro Torres

    • [✓ A Nau de Quixibá || ✓ PDF Read by Í Alexandre Pinheiro Torres]
      108 Alexandre Pinheiro Torres
    • thumbnail Title: [✓ A Nau de Quixibá || ✓ PDF Read by Í Alexandre Pinheiro Torres]
      Posted by:Alexandre Pinheiro Torres
      Published :2020-02-25T23:48:25+00:00

    One thought on “A Nau de Quixibá”

    1. Hist ria passada em S o Tom que parece uma autobiografia O narrador at se chama Alexandre Pensamos que se passa num Ilh u Quixib que julgamos habit vel e produtivo mas na realidade este ilh u n o habitado.E assim me apercebi que tudo uma constru o imaginativa do autor para fazer passar a sua mensagem.a hist ria passa se em 1939 nas v speras do in cio da grande guerra, quando o jovem Alexandre com um pr mio da mocidade portuguesa em que um dos chefes juvenis faz um p riplo pelo imp rio com outros [...]

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *